Modificação e avaliação de gel de ácido fosfórico 35% com agente aromatizante

Ana Paula Rodrigues Gonçalves, Luiza Helena Silva de Almeida, Bruna Rodolfo, Ana Laura de Oliveira Plá, Fernanda G. Pappen, Rafael Ratto Moraes

Resumo


Objetivos: O condicionamento da superfície dos tecidos dentários duros com ácido fosfórico 35% é normalmente utilizado para fornecer retenção micromecânica para adesivos odontológicos. Quando lavado da superfície, o ácido pode gerar gosto amargo e desagradável ao paladar do paciente. O objetivo deste estudo foi analisar o efeito da adição de um agente aromatizante à composição do gel de ácido fosfórico 35% e investigar se existe alteração de características fundamentais deste material, como sua capacidade de desmineralizar a superfície dentária. Métodos: Além de um grupo controle (sem flavorizante), foram testados grupos de ácido fosfórico 35% com a adição de 0,5% ou 3% do aromatizante (Aroma Abacaxi Pó; Bio Green Ingredients). Foram realizadas análises de viscosidade, estabilidade do pH e de desmineralização da superfície de esmalte condicionada por microscopia eletrônica de varredura, além de teste de resistência de união ao esmalte por microcisalhamento. Resultados: Apesar dos grupos apresentarem pequenas diferenças entre si, nenhuma das alterações se mostrou significativa, exceto o aumento da viscosidade do gel contendo 3% do aromatizante. Conclusões: A adição de agente aromatizante ao gel condicionador de ácido fosfórico 35% parece ser alternativa viável para reduzir os problemas relacionados ao contato com o sabor desagradável do material, uma vez que não promoveu alteração negativa significativa nas características e comportamento do ácido.


Palavras-chave


aromatizantes; materiais dentários; ataque ácido dentário; resistência ao cisalhamento

Texto completo:

PDF HTML

Referências


Lopes CG, Thys DG, Vieira LCC, Locks A. Resistência de união de brackets com um novo sistema autocondicionante. J Bras Ortodon Ortop Facial. 2003;8:41-6.

Demarco FF, Corrêa MB, Cenci MS, Moraes RR, Opdam NJ. Longevity of posterior composite restorations: Not only a matter of materials. Dent Mater. 2012;28:87-101.

Demarco FF, Collares K, Coelho-de-Souza FH, Corrêa MB, Cenci MS, Moraes RR, Opdam NJ. Anterior composite restorations: A systematic review on long-term survival and reasons for failure. Dent Mater. 2015;31:1214-24.

Shakir MF. The Effect of two different etching modalities (EDTA and Phosphoric Acid) on texture of enamel and dentin. AL-yarmouk Journal. 2017;9:165-71.

Matos AB, Trevelin LT, Silva BTF, Francisconi-dos-Rios LF, Siriani LK, Cardoso MV. Bonding efficiency and durability: current possibilities. Braz Oral Res. 2017;31:3-22.

Akman AC, Demiralp B, Guncu GN, Kiremitçi A, Sengun D. Necrosis of gingiva and alveolar bone caused by acid etching and its treatment with subepithelial connective tissue graft. J Can Dent Assoc. 2005;71:477-9.

Medeiros MSG, Garruti DS. Estudos de palatabilidade de medicamentos: análise sensorial e aceitabilidade de formulações pediátricas. Vigil Sanit Debate. 2018;6:44-53.

Taylor SL, Dormedy ES. The role of flavoring substances in food allergy and intolerance. Adv Food Nutr Res. 1998;42:1-44.

Plotto A, Margaría CA, Goodner KL, Baldwin EA. Odour and flavour thresholds for key aroma components in an orange juice matrix: esters and miscellaneous compounds. Flavour Fragr J. 2008;23:398-406.

Wagner DS, Johnson CE, Cichon-Hensley BK, DeLoach SL. Stability of oral liquid preparations of tramadol in strawberry syrup and a sugar-free vehicle. Am J Health-Syst Pharm. 2003;60:1268-70.

Peumans M, De Munck J, Van Landuyt K, Van Meerbeek B. Thirteen-year randomized controlled clinical trial of a two-step self-etch adhesive in non-carious cervical lesions. Dent Mater. 2015;31:308-14.

Parihar N, Pilania M. SEM evaluation of effect of 37% phosphoric acid gel, 24% edta gel and 10% maleic acid gel on the enamel and dentin for 15 and 60 seconds: an in-vitro study. Int Dent J Student Res. 2012;1:1-13.

Kimmes NS, Barkmeier WW, Erickson RL, Latta MA. Adhesive bond strengths to enamel and dentin using recommended and extended treatment times. Oper Dent. 2010;35:112-9.

Fecury MCV, Belém FV, Tourinho FM, Penido CVSR, Cruz RA. Sistemas adesivos atuais: características físico-químicas e aplicabilidade em odontopediatria. Arq Bras Odontol. 2007;1:144-154.

Reinol FC. Palatabilidade de formulações farmacêuticas pediátricas a base de hidrato de cloral. Monografia apresentada ao curso de Tecnologias Industriais Farmacêuticas. 2014.

Costa PQ, Lima JES, Coelho HLL. Prescrição e preparo de medicamentos sem formulação adequada para crianças: um estudo de base hospitalar. Bras J Pharmac Sci. 2009;45:47-66.




DOI: https://doi.org/10.18256/2238-510X.2019.v8i2.3336

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Journal of Oral Investigations - JOI (ISSN 2238-510X)
Faculdade Meridional – IMED – www.imed.edu.br
Rua Senador Pinheiro, 304 – Bairro Cruzeiro, 99070-220 – Passo Fundo - RS - Brasil 
Tel.: +55 54 3045 6100

 Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Indexadores

 BVS_Odontologia.png DOAJ.jpg logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png 
 
latindex.jpg
 SHERPA-RoMEO-long-logo.gif
 
  Diadorim.jpg