Prevalência de Lesões Periapicais Observadas em Radiografias Panorâmicas

Flávia Cristina Tremea, Flávia Baldissarelli Marcon, Mateus Silveira Martins Hartmann, Volmir João Fornari, José Roberto Vanni

Resumo


O presente trabalho teve como objetivo fazer um levantamento epidemiológico da prevalência de lesões periapicais radiolúcidas numa amostra de 107 radiografias panorâmicas, de pacientes atendidos no Curso de Graduação em Odontologia da Faculdade Meridional/IMED. Foram incluídos pacientes que possuíam radiografias panorâmicas realizadas no ano de 2015 e com o termo de Consentimento Livre e Esclarecido devidamente assinado. A coleta de dados foi feita através dos prontuários bem como, laudos e radiografias panorâmicas. Os critérios avaliados foram: presença de lesão periapical visível radiograficamente, gênero do paciente, idade, número total de dentes, elemento dentário, arcada e número de tratamentos endodônticos. Os dados foram organizados e comparados. Os resultados demonstraram que 53,3% dos laudos radiográficos apresentaram lesão periapical. A maioria das lesões encontrava-se em maxila, com 58,5% das ocorrências e os elementos dentários mais acometidos foram o 22 e 26. Concluiu-se que as lesões periapicais foram mais frequentes em mulheres na arcada superior e nos dentes incisivos laterais e primeiros molares superiores.

 


Palavras-chave


Necrose da polpa dentária. Periodontite Periapical. Doenças Periapicais.

Texto completo:

PDF HTML


DOI: http://dx.doi.org/10.18256/2238-510X/j.oralinvestigations.v6n1p29-37

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Journal of Oral Investigations - JOI (ISSN 2238-510X)
Faculdade Meridional – IMED – www.imed.edu.br
Rua Senador Pinheiro, 304 – Bairro Cruzeiro, 99070-220 – Passo Fundo - RS - Brasil 
Tel.: +55 54 3045 6100

 Licença Creative Commons

Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Indexadores

 Diadorim.jpg logos_DOI_CrossRef_CrossChek.png